Mercado – Mais Pipoca

Mercado


O consumo de pipoca

O Brasil é o segundo maior produtor de pipoca do mundo, o que nos mostra que o Brasil é um mercado em potencial nesse ramo. De acordo com o IBRAFE, Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses, as lavouras de pipoca brasileira, são as que atingem recordes de produção. Esses recordes incentivam mais investimentos, que por sua vez contribuem para um produto de excelente qualidade. Fãs pelo mundo se surpreendem com a qualidade do produto e acabam aumentando o consumo.

A pipoca possui um público muito abrangente, atendendo todas as idades e classes sociais. Rica em fibra e carboidratos, ela possui antioxidantes que inibem a ação dos radicais livres diminuindo o envelhecimento precoce, riscos de doenças cardíacas e o colesterol. Um produto saudável e com público garantido.

As vending machines no Brasil

Apesar de ser um termo pouco conhecido no Brasil, as Vending Machines são, nada menos, que as máquinas que nos oferecem um produto em troca de moedas ou qualquer outro tipo de pagamento.

São máquinas de auto-atendimento, práticas e fáceis de utilizar. A máquina Mais Pipoca possui luzes em led, música, painel digital e um layout sofisticado e personalizado da máquina e embalagem, tornando-a bem mais atrativa para os clientes, do que uma Vending Machine comum.

Apesar de ser um mercado que cresce 35% ao ano no Brasil, de acordo com a ABVA, Associação Brasileira de Vendas Automáticas, o uso destas máquinas não se compara com os números encontrados em países como o Japão, onde há uma relação de uma máquina para cerca de 48 habitantes, ou os Estados Unidos, com uma máquina para cerca de 90 habitantes. No Brasil, a relação é de uma máquina para cada 4.150 habitantes, o que mostra o potencial do mercado brasileiro para este tipo de produto.